Pivot 2021 Virtual Conference July 22-23 2021
Dismantling Reassembling - tools for alternative futures
Presentation

Práticas de ensino para designers sentipensantes

Neste artigo, refletimos sobre como se pode ensinar o Design como forma de estar e participar no mundo. Identificamos no conceito de colaboração, uma quebra necessária ao modo dominante ensinado globalmente em escolas de design, caracterizado pelo ethos individualista da sociedade capitalista. Contudo, diversos pesquisadores da área apontam a necessidade de uma maior compreensão sobre os modos de ensino e as competências necessárias aos futuros designers para participar de processos colaborativos. Para tanto, discutiremos aqui a necessidade de compreender e superar as limitações da forma pela qual a colaboração em design é praticada e compreendida. Em muitos processos de design a colaboração é incorporada de um modo asséptico, possível de ser tecnicizado em práticas de co-design.  A proposta deste artigo é trazer o conceito de sentipensante para o agir projetual, e com isso a corporeidade, os afetos, a conexão consigo mesmo e com a comunidade para os processos colaborativos. Propusemos o conceito de sentipensação projetual com o objetivo de avaliar a sua contribuição no processo formativo de estudantes de design.  Apresentamos um exercício de ensino que parte da colaboração entre professores e alunos para co-criar o plano de ensino a partir do conceito de sentipensação: um agir projetual sentipensante.

sentipensante; colaboração; ensino em design

About Karine de Mello Freire and Chiara Del Gaudio

Karine Freire Doutora em Design pela PUC-Rio. Pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Design da Unisinos.  Atuando há 13 anos na pesquisa em Design, especializou-se em Design para a Inovação Social e Sustentabilidade. Mulher cis, latino-americana, ativista de design para inovação social em projetos ligados à sustentabilidade.

Chiara Del Gaudio Designer, pesquisadora e professora em design. Doutora em Design pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, licenciada e mestre em Design pelo Politecnico di Milano. Ensina na Escola de Desenho Industrial da Universidade de Carleton.  Entre seus principais interesses de pesquisa e prática em design tem: o design como processo político; abordagens participativas e colaborativas de design, e poder e conflito no âmbito dos processos de design. Neste contexto, a sua investigação centra-se na contribuição dos designers para processos de autodeterminacão.

 

Back to Program